TERCEIRO PONTO SOBRE ESCOLA COM PARTIDO OU SEM PARTIDO

0
18

TERCEIRO PONTO SOBRE ESCOLA COM PARTIDO
OU SEM PARTIDO
Escola sem partido não é escola sem pensamento crítico ou sem pensamento político; ela só não seria mais um palco para o gramiscismo ou assédio ideológico orquestrado pela maioria dos professores do ensino público, que são ateus e esquerdistas e que lutaram pelo Estado Laico , mas jamais lutariam por um Estado apartidário , fazendo de tudo para que todos confundam apartidário com apolítico. Induzem a pensar que estaríamos sem uma Escola com senso crítico. Balela . Não podem é perder o palco para o induzimento da aculturação comunista.
Apenas para esclarecer mais uma vez , a Escola Sem Partido não interessa para a esquerda porque a maioria dos professores do ensino público são de esquerda, porque já foram criados para isto , por outros professores , durante uns 35 anos .
A Lei, em discussão, trata de ESCOLA SEM PARTIDO e não de ESCOLA SEM POLÍTICA ou SEM OPINIÃO … A Lei trata de impedir ASSÉDIO IDEOLÓGICO e não a PROIBIÇÃO DE OPINIÃO. A Lei trata de ética do professor que não está havendo, porque moral e ética são coisas do Direito , da Filosofia Grega e das Religiões. Atributos e valores que não aceitam.
Justamente para que continue havendo política e opinião, com pluralidade, é que se está propondo a lei e evitar a tirania de um pensamento único partidário ou ideológico.
Agora, espero que todos tenham compreendido o que está acontecendo, porque quem dissemina a contestação à proposta de lei, muitas vezes, não está antenado ou não conhecendo a confusão semântica e filosófica que , de propósito, os mal intencionados espalham para ganharem a simpatia dos incautos e iludidos e, assim , continuarem a doutrinar , lobotomizar , incutir , por gramiscismo, o marxismo cultural , como plano e meta.
Partido em escolas seria o mesmo e igual a religião em escolas. Seria o mesmo que voltarem as cruzes para as paredes, mas agora, no lugar destas , viriam as foices e os martelos, que já estavam reinando, daí a lei estar sendo proposta contra os anti-éticos partidários e ideológicos faccionistas professores. Na verdade, todos sabemos sobre o quê estamos conversando , mas há uma diferença : a esquerda domina nas escolas públicas. A esquerda , a mais socialista delas, é que tem os professores para espalharem a ideologia comunista e não haverá algum que possa defender o liberalismo econômico . Enfim, se a maioria das escolas estivessem sendo orquestradas por professores sobre MISES e ADAM SMITH , estariam os esquerdistas comunistas contra a escola com partido , tal qual não são a favor da escola se esta não for laica , pois não suportam religião ou cristianismo em Escola alguma, por nenhuma forma. Os contra são , na maioria, ateus e esquerdistas e detestam os três pilares da civilização ocidental que são : Filosofia Grega , Judaísmo-Cristianismo e Direito Romano . Eles querem o pensamento único, como se tal fosse a salvação do planeta por uma utopia ineficaz e que não funciona , não funcionou e jamais funcionará.
Sobre a igualdade perante a lei , que também versa sobre o direito de opinião e expressão e não sobre assédio partidário ou ideológico , vedando as apologias contrárias à lei, está bem lá escrita na CONSTITUIÇÃO de 1988 , poTERCEIRO PONTO SOBRE ESCOLA COM PARTIDO
OU SEM PARTIDO
Escola sem partido não é escola sem pensamento crítico ou sem pensamento político; ela só não seria mais um palco para o gramiscismo ou assédio ideológico orquestrado pela maioria dos professores do ensino público, que são ateus e esquerdistas e que lutaram pelo Estado Laico , mas jamais lutariam por um Estado apartidário , fazendo de tudo para que todos confundam apartidário com apolítico. Induzem a pensar que estaríamos sem uma Escola com senso crítico. Balela . Não podem é perder o palco para o induzimento da aculturação comunista.
Apenas para esclarecer mais uma vez , a Escola Sem Partido não interessa para a esquerda porque a maioria dos professores do ensino público são de esquerda, porque já foram criados para isto , por outros professores , durante uns 35 anos .
A Lei, em discussão, trata de ESCOLA SEM PARTIDO e não de ESCOLA SEM POLÍTICA ou SEM OPINIÃO … A Lei trata de impedir ASSÉDIO IDEOLÓGICO e não a PROIBIÇÃO DE OPINIÃO. A Lei trata de ética do professor que não está havendo, porque moral e ética são coisas do Direito , da Filosofia Grega e das Religiões. Atributos e valores que não aceitam.
Justamente para que continue havendo política e opinião, com pluralidade, é que se está propondo a lei e evitar a tirania de um pensamento único partidário ou ideológico.
Agora, espero que todos tenham compreendido o que está acontecendo, porque quem dissemina a contestação à proposta de lei, muitas vezes, não está antenado ou não conhecendo a confusão semântica e filosófica que , de propósito, os mal intencionados espalham para ganharem a simpatia dos incautos e iludidos e, assim , continuarem a doutrinar , lobotomizar , incutir , por gramiscismo, o marxismo cultural , como plano e meta.
Partido em escolas seria o mesmo e igual a religião em escolas. Seria o mesmo que voltarem as cruzes para as paredes, mas agora, no lugar destas , viriam as foices e os martelos, que já estavam reinando, daí a lei estar sendo proposta contra os anti-éticos partidários e ideológicos faccionistas professores. Na verdade, todos sabemos sobre o quê estamos conversando , mas há uma diferença : a esquerda domina nas escolas públicas. A esquerda , a mais socialista delas, é que tem os professores para espalharem a ideologia comunista e não haverá algum que possa defender o liberalismo econômico . Enfim, se a maioria das escolas estivessem sendo orquestradas por professores sobre MISES e ADAM SMITH , estariam os esquerdistas comunistas contra a escola com partido , tal qual não são a favor da escola se esta não for laica , pois não suportam religião ou cristianismo em Escola alguma, por nenhuma forma. Os contra são , na maioria, ateus e esquerdistas e detestam os três pilares da civilização ocidental que são : Filosofia Grega , Judaísmo-Cristianismo e Direito Romano . Eles querem o pensamento único, como se tal fosse a salvação do planeta por uma utopia ineficaz e que não funciona , não funcionou e jamais funcionará.
Sobre a igualdade perante a lei , que também versa sobre o direito de opinião e expressão e não sobre assédio partidário ou ideológico , vedando as apologias contrárias à lei, está bem lá escrita na CONSTITUIÇÃO de 1988 , porém os comunistas não assinaram , porque a ditadura de esquerda é a meta final depois de implantado o marxismo cultural por professores anti-éticos que induziram e que querem continuar a induzir subliminarmente seus alunos crianças, adolescentes e jovens. Realizam bullying contra quem é contra a esquerda e aos que tenham pensamento liberal , impondo rótulos , patrulhamentos diversos e usando todo o aparelhamento que ainda é vigente.
Escola com Partido eles querem , mas só se for do pensamento deles , os demais pensamentos seriam conservadores , liberais, coxinhas, imperialistas e por outros rótulos .
Se outros pensamentos dominassem o magistério no ensino público , os esquerdistas seriam contra a Escola com Partido , leia-se com assédio ideológico.
Entenderam ou precisaria desenhar?

JOÃO CARLOS DE SOUZA LIMA FIGUEIREDO
ADVOGADO E PROFESSOR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA